Como escolher um barco de remo

O remo é um desporto de velocidade praticado em embarcações compridas e estreitas, fabricadas em madeira ou em materiais compósitos, nomeadamente de fibra de carbono. O remador vai sentado num assento deslizante (carrinho), acima do nível da água, de costas para a direção do movimento do barco. Os remos são utilizados como alavanca para a propulsão do barco. Nos barcos de remo de ponta (ou de palamenta simples), cada remador usa um único remo, enquanto nos barcos de remos parelhos (ou de palamenta dupla), cada remador tem dois remos.

Este desporto pode ser praticado no mar, num rio ou num lago. Dependendo do tipo de barco e de competição, a tripulação pode ou não incluir um timoneiro, responsável por dirigir o barco e a tripulação. Neste guia, serão abordados os principais aspetos que importa levar em consideração na hora de escolher um barco de remo.

Barcos de remo: ver produtos

  • Como escolher o barco de remo certo?

    Barcos de remo de regata da Rowing Sport Boats

    Para escolher o barco de remo mais adequado às suas necessidades, há vários fatores a ter em consideração. Mais concretamente, há que levar em conta não só o tipo de atividade a que o barco se destina (competição ou lazer, no mar ou nas águas calmas de um lago), mas também se pretende remar sozinho ou com outras pessoas, e se quer praticar a modalidade com um só remo ou com dois remos.

    Principais fatores a considerar na escolha de um barco de remo:

    • Tipo de atividade a praticar
    • Barco de ponta (ou de palamenta simples) ou de parelhos (ou de palamenta dupla)
    • Número de lugares do barco
    • Material do casco
  • Que tipo de barco de remo escolher para a atividade pretendida?

    Barco de regata da Wintech Racing

    Antes de mais, deverá optar por um tipo de embarcação adequado ao género de atividade que conta praticar. A maioria dos barcos de remo são do tipo “shell”. Os barcos de remo de competição são concebidos para regatas. Como o objetivo é a velocidade, têm uma forma particularmente esguia e podem ser utilizados apenas em águas calmas. São mais adequados para remadores experientes. Os barcos de remo de mar são ideais para a prática de exercício físico. Podem ser utilizados em águas mais agitadas. São leves, rápidos e proporcionam uma experiência de remo divertida. Os barcos de remo de lazer destinam‑se, principalmente, a principiantes e a quem deseje praticar remo de forma recreativa. São estáveis e seguros.

    Barcos de remo de competição (flat waters):

    • Para regatas;
    • Para utilização em águas calmas;
    • Mais adequados para remadores experientes.

    Barcos de remo de mar:

    • Para a prática de exercício;
    • Possibilidade de utilização em águas agitadas;
    • Uso possível no oceano, dependendo da experiência dos remadores;
    • Leves, rápidos e de uso divertido.

    Barcos de remo de lazer:

    • Fáceis de remar;
    • Estáveis;
    • Adequados para principiantes.
  • Barco de parelhos ou de ponta?

    Barco de regata da Wintech Racing

    Os barcos de remo podem ter um, dois, quatro ou oito lugares. São classificados de acordo com o número de remadores e com o número de remos que cada remador utiliza. Antes de mais, há que escolher entre uma embarcação de parelhos ou de ponta. Nos barcos de parelhos, ou de palamenta dupla, cada remador manobra dois remos, um em cada mão. Nos barcos de ponta, ou de palamenta simples, cada remador usa apenas um remo, que segura com ambas as mãos. Existem três classes de barcos de parelhos: skiff – 1x (um remador), double scull – 2x (dois remadores) e quadri scull – 4x (quatro remadores). Estes podem também ser designados skiff simples, skiff duplo e skiff quádruplo, respetivamente.

    As embarcações de remos de ponta podem ou não ter um lugar para o timoneiro, que não só dirige o barco como também pode dar indicações aos remadores. Nos barcos sem timoneiro, é um dos remadores que comanda o leme com o pé. São cinco as classes de barcos de ponta: dois com timoneiro (2+), dois sem timoneiro (2-), quatro com timoneiro (4+), quatro sem timoneiro (4-) e oito com timoneiro (8+). Este último leva sempre um timoneiro e é o mais veloz. Um shell de oito masculino de competição poderá deslocar-se a uma velocidade de quase 14 milhas por hora.

    Barcos de parelhos (palamenta dupla): cada remador tem dois remos (de 3 m de comprimento), um em cada mão.

    Barcos de ponta (palamenta simples): cada remador tem um único remo (de 3,6 m a 4 m de comprimento), que segura com ambas as mãos.

  • Barco de remo de quantos lugares?

    Barco de remo de regata da Filippi

    Os barcos de remo podem ter um, dois, quatro ou oito lugares. A escolha dependerá, obviamente, do número de remadores a que se destina.

    Para barcos de remo com vários remadores, há alguns termos que importa ter em mente. Os remadores são identificados pelo lugar que ocupam na embarcação. O proa é o remador mais próximo da proa do barco, o primeiro que irá cruzar a linha de chegada. À sua frente estará o sota-proa, a seguir o contra-proa, o 1º centro, o 2° centro, o contra-voga, o sota-voga e, por fim, o voga. O voga deve ser um remador forte e com uma excelente técnica, uma vez que é ele que determina o ritmo e o número de remadas por minuto, que a restante tripulação deverá acompanhar.

  • Que material escolher para o casco do barco de remo?

    Barco de remo de regata da Row&Sail GmbH

    O remo de competição é praticado em barcos tão leves e finos quanto possível, logo potencialmente menos estáveis. Para manter o equilíbrio da embarcação, é necessário que todos os elementos da tripulação controlem perfeitamente os seus movimentos. O desempenho destes barcos depende da sua leveza e rigidez, duas características frequentemente difíceis de conciliar, o que leva os construtores a utilizar materiais high-tech, como fibra de carbono, Kevlar e vários outros compósitos. Os barcos de remo são geralmente fabricados em madeira e em materiais compósitos.

    Barcos de madeira:

    • Mais caros;
    • Mais rígidos do que as embarcações em Kevlar.

    Barcos em materiais compósitos (fibra de carbono, Kevlar, etc.):

    • Mais duráveis e de manutenção mais simples;
    • Mais fáceis de transportar.
Guias relacionados
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Ainda não há comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será visível. Os campos de preenchimento obrigatório estão assinalados com *